Como gerenciar Supply Chain de forma mais eficiente?

Compartilhe:

planejamento_financeiroConfira sugestões para otimizar a gestão da cadeia de suprimentos mesmo em momentos de estabilidade econômica

Manter a competitividade em um cenário de mudanças, como é o caso do Brasil, também passa pela revisão do modelo de gestão do Supply Chain (cadeia de suprimentos). Cortar custos, maximizar lucros sobre os produtos e reduzir tempo são ações que exigem o alinhamento de estratégias e processos específicos de gerenciamento.

Como está seu Supply Chain Management?
Para responder a essa pergunta, muitos executivos pensam na velocidade e na rentabilidade da cadeia de suprimentos. Mas, além desses fatores, existem outros pilares fundamentais para o sucesso logístico como o “triplo A”: agilidade, alinhamento e adaptabilidade. Ou seja, estamos falando sobre o processo de lidar com estoque, transporte e informação.

Afinal, para gerenciar a cadeia de suprimentos de modo eficiente é fundamental olhar para a gestão de estoque, pensar em estratégias para minimização de custos, avaliar a eficiência do sistema e escolher os melhores modais de transporte. Todo esse conjunto, integrado, vai corresponder à qualidade e organização de todo o processo.

Veja 6 dicas para otimizar o gerenciamento da cadeia de suprimentos!

1. Mapeie processos: acesse números e informações para identificar as possíveis fragilidades de sua cadeia e fornecedores. Desta forma, é possível prever e resolver problemas antes mesmo de serem impactados por eles.

2. Integre informações: alinhe a troca de informações com os fornecedores para acelerar giros de estoque, otimizar tempo e revise estratégias quando necessário. Compartilhar o sistema de gerenciamento da cadeia de suprimentos traz benefícios para o controle da disponibilidade e da demanda nos estoques.

3. Garanta operações eficientes: para isso, os elos da cadeia de valor devem trabalhar em conjunto, de forma integrada, seja para mapear ou para otimizar operações. Procure alinhar agendas e objetivos.

4. Desenvolva a liderança: dê aos gestores de Supply Chain as mesmas ferramentas da liderança, para que atuem de forma assertiva e potencializem o resultado.

5. Invista em TI: escolha o software que tenha maior aderência com os processos da sua empresa, para ganhar eficiência, agilidade e, inclusive, minimizar eventuais fragilidades da cadeia de suprimentos.

6. Busque inovação: identifique a capacidade inovadora de parceiros comerciais para desenvolver novos processos e melhorar a eficiência do negócio. Valorize principalmente o comprometimento e a capacidade de entrega.

E o seu gerenciamento da cadeia de suprimentos, como está? Fique por dentro das soluções que oferecemos!

Fontes: Endeavor, Revista HSM, SCM Concept.  

Receba nossa newsletter