(VÍDEO) O peso do legado na empresa familiar

Compartilhe:

shutterstock_238442890Ele começou com uma ideia, aos poucos essa ideia foi tomando forma e se tornou um negócio. Para o negócio prosperar, toda a família ajudava, até o filho estava de prontidão depois de fazer as tarefas da escola. Com o passar do tempo, aquele negócio simples de família cresceu e se tornou uma grande empresa, com diversos funcionários. Mas o patriarca da família já é idoso e precisa passar a administração do negócio. Será que o filho está preparado para receber? E o pai, que acompanhou a empresa desde o início, está preparado para passar esse legado?

Essa é uma história fictícia, mas que acontece com mais frequência do que se imagina. Não é fácil para o CEO abrir mão da administração do negócio. As dúvidas são diversas e o apego à empresa também. Por isso, ele precisa pensar na empresa como um legado e não como um filho. Deve se perguntar: que legado deixarei? Diante disso, fica mais claro saber quando é o momento de deixar o cargo, pois assim o legado continuará.

É saudável que, depois desta saída, esse ex-presidente, por exemplo, continue atuando com sugestões e orientações, mas sempre respeitando a atual administração. Para que o negócio perdure, é necessário que todos os familiares sejam preparados para assumir esse legado. Não é uma tarefa fácil, mas é preciso que esse conceito seja trabalhado desde quando os herdeiros são pequenos. É necessário que o jovem saiba que o negócio precisa ser protegido e que isso se faz com disciplina financeira e valorizando o trabalho e empreendedorismo desde cedo. Esta é uma combinação para uma boa governança em empresa familiar.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dois terços das empresas brasileiras familiares morrem da segunda para a terceira geração. Este movimento é atribuído à falta de governança corporativa dessas empresas, que está associada ao processo de administração dos valores da família, da falta de profissionalização e da má administração do patrimônio nos anos que se seguem.

Por isso, a dica para proteger o seu legado e passar a administração da empresa sem problemas é: ter visão de futuro. A preparação dos profissionais é essencial para que o negócio perdure e o legado do patriarca da família também.

Deixe uma mensagem

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Receba nossa newsletter