Planejamento financeiro alinhado ao planejamento estratégico da empresa

Compartilhe:

planejamento_financeiroPara que as operações das empresas sejam bem-sucedidas é necessário um planejamento financeiro bem fundamentado na realidade da empresa, ou seja, que esteja de acordo com o planejamento estratégico. É necessário identificar as origens de recursos, despesas e liquidez geradas pelo patrimônio e se são compatíveis com as necessidades atuais e futuras.

O planejamento financeiro estabelece o método pelo qual as metas financeiras devem ser atingidas. Esse processo possui duas dimensões: estratégico (longo prazo) e operacional (curto prazo). O plano de longo prazo prevê ações financeiras e seus impactos antecipados no negócio e obviamente são revisados constantemente. O plano de curto prazo prevê ações e os impactos das mesmas no negócio, porém em menor tempo.

Quase todas as dimensões envolvem períodos longos de implantação. Em condições de incerteza, isso exige que as decisões sejam tomadas muito antes de sua implantação. Quando uma empresa planeja, a mesma procura formular de maneira explicita as tarefas a serem cumpridas e prevê a obtenção dos recursos necessários para isso, dentro de uma limitação especifica de prazo.

O planejamento financeiro é um dos aspectos importantes para funcionamento e sustentação de uma empresa, pois fornece roteiros para dirigir, coordenar e controlar suas ações na execução de seus objetivos.

Dois aspectos-chave do planejamento financeiro são o planejamento de caixa e de lucros, o de caixa envolve o planejamento do orçamento de caixa da empresa; por sua vez, o planejamento de lucros é normalmente realizado por meio de demonstrativos financeiros projetados, os quais são úteis para fins de planejamento financeiro interno da organização, como também comumente exigidos pelos credores atuais e futuros. Esse processo financeiro apresenta-se como uma ferramenta importante para a estratégia empresarial e à administração financeira, de modo a contribuir para o crescimento e sustentação de suas atividades sem colocar em risco as finanças empresariais, contribuindo significativamente para a continuidade da organização.

Portanto ao falarmos em termos de planos, ou seja, expressões formais das atividades da empresa para um período futuro, a própria dimensão temporal já introduz uma distinção entre o planejamento a longo prazo e a curto prazo. O que pode caracterizar um planejamento financeiro de uma empresa é a aquisição de maquinários, aumento da fábrica ou empresa, mudança de localidade, diversificação de mix de produtos, aumento das vendas. Hoje em dia, ainda são poucas as empresas que fazem planejamento financeiro, apesar da extrema importância para a longevidade da empresa.

Deixe uma mensagem

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Receba nossa newsletter