Sucessão empresarial: como fazer a melhor escolha em uma empresa familiar

Compartilhe:

sucessão empresarialEscolher o responsável para dar continuidade à liderança de uma empresa familiar é um momento decisivo muito importante para o futuro do negócio. Em um cenário como o Brasil, a sucessão empresarial ganha ainda mais relevância por estarmos em um país onde 90% das empresas são familiares, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No entanto, uma pergunta comum entre muitos líderes que estão prestes a deixar seus postos é: para quem transferir o bastão?

Acerte no alvo
O fator hereditário, comumente considerado como decisório para essa transição, muitas vezes acaba desencadeando uma crise empresarial por conflitos entre os membros da família e ausência de consenso. Para garantir uma transição de sucesso e evitar que a sua empresa não passe da segunda ou terceira geração, uma dica é contar com uma gestão profissionalizada e um bom planejamento sucessório.

Buscando o perfil ideal
Para começar, busque um perfil que se identifique com a missão, visão e valores da empresa, podendo ou não ser membro da sua família. Essa pessoa deve estar familiarizada com os processos da organização, conhecendo bem a rotina da companhia e de seus colaboradores. Por muitas vezes é necessário buscar alguém do mercado, que entenda bem do negócio para dar sequência às atividades da empresa.

“Ter passado por cargos de liderança em outras companhias deve contar como um ponto positivo em favor da escolha do novo líder. Assim como o pensamento inovador e a coragem para enfrentar um mercado que muda com velocidade. O sucessor deve ser incentivado a buscar aperfeiçoamento e a estar sempre aberto para o novo”, pontua o diretor executivo da Partner Consulting, Rui Rocha.

Veja como a Partner Consulting do Brasil pode ajudar nos processos de sucessões empresariais.

Deixe uma mensagem

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Receba nossa newsletter