OS 5S DA COPA DO MUNDO

Por 1 agosto, 2014 Artigos Sem comentários
Compartilhe:

materia-03Estamos em clima de Copa do mundo e muitos, mesmo com os problemas enfrentados, estão torcendo para que Brasil seja campeão. Essa copa também, com certeza, será marcada por incontáveis situações externas. E uma chamou muito a atenção da mídia e de nós brasileiros aconteceu no jogo Japão e Costa do Marfim, quando no fim do jogo a torcida japonesa recolheu todo o lixo que gerou no estádio.

A verdade é que disciplina do povo japonês sempre foi conhecida em todo mundo, principalmente no mundo corporativo. Para quem estuda Administração sabe que foram os japoneses os criadores do sistema 5S que vem sendo aplicado em organizações no mundo todo. No Brasil já existem empresas que estão tentando adotar isso no dia a dia.

O programa 5S são técnicas utilizadas para criar bom senso na base organizacional através da mobilização, conscientização e motivação dos funcionários para a qualidade total através da organização e disciplina dentro da empresa. Essas técnicas são aplicadas no Japão não só nas empresas como na vida pessoal. Seria muito bom se o mundo começasse a levar essas técnicas a sério em suas vidas.

Para quem ainda não conhece essa técnica abaixo seguem os conceitos de todas as táticas do programa 5S.

Seiri: Senso de utilização. É a pratica de verificar todas as ferramentas, materiais e etc. na área de trabalho. Devem-se manter somente os itens essenciais para o trabalho que está sendo realizado. Tudo o mais é guardado ou descartado.

Seiton: Senso de ordenação. É a necessidade de um espaço organizado. Refere-se à disposição das ferramentas e equipamentos em uma ordem que permita o fluxo do trabalho. Ferramentas e equipamentos deverão ser deixados nos lugares onde serão posteriormente usados.

Seisō: Senso de limpeza. É a necessidade de manter o mais limpo possível o espaço de trabalho. A limpeza, nas empresas japonesas, é uma atividade diária. Ao fim de cada dia de trabalho, o ambiente é limpo e tudo é recolocado em seus lugares, tornando fácil saber o que vai aonde, e saber onde está aquilo o que é essencial. Foi exatamente o que aconteceu no jogo da copa.

Seiketsu: Senso de Normalização. Criar normas e sistemáticas em que todos devem cumprir. Tudo deve ser devidamente documentado. A gestão visual é fundamental para fácil entendimento de cada norma.

Shitsuke: Senso de autodisciplina ou hábito, costume. Refere-se à manutenção e revisão dos padrões. Uma vez que os 4 Ss anteriores tenham sido estabelecidos, transformam-se numa nova maneira de trabalhar, não permitindo um regresso às antigas práticas. Entretanto, quando surge uma nova melhoria, ou uma nova ferramenta de trabalho, ou a decisão de implantação de novas práticas, pode ser aconselhável a revisão dos quatro princípios anteriores.

Gostou dos 5S? Que tal além de aplicar na organização seguir o grande exemplo da torcida japonesa e aplicar os 5S na sua vida?

Deixe uma mensagem

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa newsletter
WhatsApp chat